TV News
SPlay

Megaopera√ß√£o de combate ao crime organizado re√ļne quase 8 mil policiais na divisa do PR e SP

As a√ß√Ķes de fiscaliza√ß√£o ocorrem com abordagens, pontos de bloqueios e cumprimento de mandados judiciais

Por Super - Rádio e Notícia em 15/09/2020 às 15:55:29

Uma megaopera√ß√£o foi desencadeada na manh√£ desta ter√ßa-feira (15), pelas Secretarias da Seguran√ßa P√ļblica do Paran√° e do estado de S√£o Paulo. As a√ß√Ķes de fiscaliza√ß√£o ocorrem com abordagens, pontos de bloqueios e cumprimento de mandados judiciais. O objetivo é combater organiza√ß√Ķes criminosas, o tr√°fico de drogas, armas, contrabando e descaminho, além de furtos e roubos de cargas, além de outras atividades ilegais na regi√£o da divisa dos dois estados.

Megaoperação nesta terça-feira РFoto AEN

Com a participação de aproximadamente 7,8 mil policiais de forças de segurança estaduais e nacionais, a ação conta com 20 pontos de bloqueio na área da divisa. Com o auxílio de aeronaves e de cães de faro, a fiscalização inclui terminais rodoviários, veículos terrestres e aquáticos e empresas de materiais controlados.

Além dos policiais e agentes de seguran√ßa p√ļblica, s√£o empregadas 2,1 mil viaturas dos dois estados, 21 aeronaves, seis drones, 18 c√£es e 11 embarca√ß√Ķes. As viaturas atuam nas a√ß√Ķes preventivas e ostensivas nos pontos de bloqueio e no cumprimento de mandados judiciais.

O secret√°rio da Seguran√ßa P√ļblica do Paran√°, Romulo Marinho Soares, ressaltou que essa atua√ß√£o conjunta vai garantir maior precis√£o no combate ao crime organizado. "Montamos um cintur√£o, um grande refor√ßo na √°rea de fronteira entre Paran√° e S√£o Paulo para impedir a atua√ß√£o do crime organizado e combater com maior afinco o tr√°fico de drogas, contrabando e descaminho. E isso só é poss√≠vel por meio de muita parceria e integra√ß√£o", completou.

Dos 20 pontos de bloqueio, dez ficam a cargo da Polícia Militar de São Paulo, sete da Polícia Militar do Paraná e outros três da Polícia Rodoviária Federal.

As atividades no estado de S√£o Paulo s√£o realizadas a partir do eixo das rodovias Raposo Tavares (SP-270) Régis Bittencourt (BR-116) e Transbrasiliana (SP-153), e avan√ßam para as demais regi√Ķes a partir dos limites territoriais entre os dois estados. J√° no Paran√°, acontecem também a partir da BR-116, em Campina Grande do Sul, e seguem até a cidade de Diamante do Norte, na PR-323.

"Integra√ß√£o é a palavra de ordem hoje no combate à criminalidade, em especial às organiza√ß√Ķes criminosas. O trabalho conjunto entre as for√ßas policiais e demais órg√£os estaduais e federais é a chave para que essas a√ß√Ķes de seguran√ßa sejam cada vez mais eficientes, eficazes e efetivas na prote√ß√£o das pessoas", afirmou o coordenador do Centro de Opera√ß√Ķes Integradas (COI) da Secretaria da Seguran√ßa P√ļblica de S√£o Paulo, o general de brigada Carlos Sa√ļ.

Integram a megaopera√ß√£o representantes das pol√≠cias Militar, Civil e do Corpo de Bombeiros do Paran√° e de S√£o Paulo, Pol√≠cia Federal, Pol√≠cia Rodovi√°ria Federal, Exército Brasileiro, Ag√™ncia Brasileira de Intelig√™ncia (Abin) e Ag√™ncia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Ser√£o cumpridos mandados judiciais nos estados e 20 pontos de bloqueio na regi√£o da divisa.

A megaopera√ß√£o é acompanhada pelo Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), que conta com estrutura adequada com c√Ęmeras e apoio de representantes das institui√ß√Ķes e dos órg√£os de intelig√™ncia. A sala de controle pertence ao Centro Integrado de Intelig√™ncia de Seguran√ßa P√ļblica da Regi√£o Sul (CIISP-Sul).

Os dados da operação serão divulgados no decorrer do dia.

Fonte: Banda B

TV News
Anuncie 2
SPlay
Madame Damy

Coment√°rios