TV News
SPlay

Jovem marca encontro com outra mulher pela internet e é estuprada

Antes do encontro, a jovem diz que questionou algumas vezes se elas estariam sozinhas na casa

Por Super - Rádio e Notícia em 03/09/2020 às 18:49:59

Uma estudante de Santos, litoral de S√£o Paulo, relata ter sido estuprada em um encontro marcado por um aplicativo de relacionamentos. Segundo o G1, a jovem estava conversando com uma mulher h√° uma semana e as duas teriam combinado de se encontrar no apartamento da suspeita. Por mensagem, a vítima revelou que era a primeira vez que ela estava saindo com alguém que n√£o conhecia pessoalmente.

Antes do encontro, a jovem diz que questionou algumas vezes se elas estariam sozinhas na casa. "N√£o tem ninguém, por isso eu tô aqui. O apartamento é de temporada. Como estava sozinha, vim pra c√°. Vou te mandar o endere√ßo", a suspeita teria respondido em uma ocasi√£o.

No dia marcado, a estudante relata que se encontrou com a mulher com quem estava conversando e elas ingeriram bebida alcoólica. Após um tempo, a dona do apartamento teria dito que o namorado dela estava no quarto e adorava ver mulheres fazendo sexo. A jovem conta que se recusou, mas o homem saiu do quarto e a agarrou pela nuca, para for√ß√°-la a beijar a outra mulher. A vítima conta ainda que o homem e a mulher arrancaram a roupa dela. O suspeito ainda teria mordido diversas partes do corpo dela e cometido o estupro.

Denúncia

O advogado da vítima, Adriano Neves Lopes, registrou o boletim de ocorr√™ncia e entregou prints das mensagens como prova e também as roupas íntimas de sua cliente. "Ela fala que, possivelmente, a blusa e o suti√£ t√™m o s√™men dele e podem provar que houve o crime", disse em entrevista ao G1. "Ela tem marcas de mordidas nos seios, na regi√£o das coxas, na regi√£o lombar. A m√£o dela est√° inchada, o que configura les√£o de defesa", ele continuou.

De acordo com a vers√£o da jovem, a viol√™ncia só parou quando ela recebeu uma liga√ß√£o no celular. Era a m√£e dela avisando que estava na rua para busc√°-la. Após a vítima deixar o apartamento, a suspeita teria entrado em contato mais uma vez para saber se a estudante havia contado o que havia acontecido.

A jovem relatou a viol√™ncia pela qual teria passado para um amigo, que por sua vez contou os fatos a um parente da vítima. Ent√£o a estudante foi levada ao Pronto-Socorro da Santa Casa de Santos, onde foi medicada. Segundo o advogado, ela est√° tomando um coquetel para prevenir doen√ßas sexualmente transmissíveis, tomou uma pílula do dia seguinte e est√° fazendo acompanhamento psicológico, porque apresenta sinais de estresse pós-traum√°tico. A investiga√ß√£o segue em sigilo.


Fonte: G1

TV News
Anuncie 2
SPlay
Madame Damy

Coment√°rios