Don Petisco
TV News
SPlay

Hospital Leonor instala UTI e coloca frente a frente pacientes com Covid-19 e hemodiálise; veja o vídeo

Espaço de espera, elevador e corredor de circulação são os mesmos

Por Hidalgo Netto / Super - Rádio e Notícia em 27/06/2020 às 20:41:53

Matéria atualizada às 14h27 do dia 28/06

Pacientes crônicos, t√™m cuidado redobrado quando se fala em infec√ß√£o por qualquer v√≠rus, principalmente nesta época de pandemia, o coronav√≠rus é um drama na vida dos pacientes em hemodi√°lise, que t√™m baixa imunidade e fazem parte do grupo de risco.

Para ficar ainda mais difícil o tratamento em hemodiálise dos pacientes do hospital Leonor Mendes de Barros, localizado no Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), uma UTI para tratamento da Covid-19, foi instalada no mesmo corredor de pacientes que realizam o tratamento renal, que faz a filtragem do sangue, para substituir a função dos rins..

.

Placa indica que a nefrologia (hemodi√°lise) e UTI para Covid-19 ficam frente a frente

A UTI para tratamento de pessoas infectadas com o novo coronav√≠rus, come√ßou a funcionar na sexta-feira (26). Dez novos leitos foram disponibilizados, porém a log√≠stica n√£o levou em considera√ß√£o a proximidade da UTI com a hemodi√°lise, ficando as portas dos dois locais, a aproximadamente 10 metros de dist√Ęncia.

Mesma espera e mesmo corredor de passagem

A passagem dos pacientes e seus parentes s√£o os mesmos, assim como a espera, que também fica no corredor (veja v√≠deo abaixo).

Elevador para macas a apenas 4 metros da hemodi√°lise

No mesmo corredor, ficam dois elevadores, sendo um reservado para pacientes e profissionais da sa√ļde e outro para o transporte de pacientes em macas, porém, como o elevador mais próximo da UTI para tratamento da Covid-19 n√£o tem espa√ßo para macas, o elevador utilizado para pessoas com o novo coronav√≠rus, fica a apenas 2 metros da porta de entrada da hemodi√°lise, fazendo que entrem em contato direto, uns com os outros.


Elevador para transporte de macas com pacientes com a Covid-19, fica a 2 metros da porta de entrada da hemodi√°lise

Cartaz com aviso

Um cartaz com aviso aos acompanhantes dos pacientes em hemodi√°lise, alerta para que é proibido ficar no local, pessoas com quadro gripal, coriza, dor na garganta ou febre, porém a UTI exclusiva para pacientes em estado grave de Covid-19, est√° no mesmo corredor, a apenas 10 metros.


Cartaz alerta acompanhantes de pacientes em hemodi√°lise para sintomas com a Covid-19, mas mantém UTI exclusiva para pacientes com coronav√≠rus no mesmo corredor

Filha de paciente em hemodi√°lise, pede ajuda para a prefeita Jaqueline Coutinho

Com a inten√ß√£o de n√£o ter a m√£e, uma paciente que faz hemodi√°lise no hospital Leonor Mendes de Barros, exposta à infec√ß√£o do novo coronav√≠rus, Patr√≠cia Hiraki, uma das filhas, fez um pedido para a prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho (PSL), através de um documento protocolado na prefeitura, solicitando um aux√≠lio para a revis√£o da instala√ß√£o da UTI, "pert√≠ssimo" do local de hemodi√°lise do mesmo hospital. O pedido tem a data do dia 26 deste m√™s, a √ļltima sexta-feira.

Responsabilidades

A responsabilidade administrativa do hospital Leonor Mendes de Barros, que faz parte do CHS, é da Secretaria de Estado da Sa√ļde, porém a administra√ß√£o terceirizada do CHS, desde o dia 1¬ļ de novembro de 2018, é do Servi√ßo Social da Constru√ß√£o Civil do Estado de S√£o Paulo (Seconci-SP), uma Organiza√ß√£o Social de Sa√ļde (OSS).

A R√°dio Super entrou em contato com a Secretaria Estadual mas ainda n√£o recebeu a resposta.

N√£o conseguimos contato com o Seconci..

Em questionamento ao plantão da comunicação da Prefeitura de Sorocaba, fomos informados que não há parceria entre o município e o Estado de São Paulo na instalação desta UTI.

Vídeo

Em v√≠deo, que a ouvinte da R√°dio Super enviou ao portal Super - R√°dio e Not√≠cia - é poss√≠vel ver a proximidade da UTI para tratamento de pacientes com a Covid-19 com a hemodi√°lise do hospital Leonor.

Estado instala UTI para Covid-19 ao lado de hemodi√°lise from R√°dio Super on Vimeo.

Diretor Regional do SINDSAUDE-SP cita problemas como a falta de EPIs

O diretor regional do SINDSAUDE-SP, André Pudim, enviou um √°udio para A R√°dio Super, esclarecendo a responsabilidade do CHS, que abrange também o hospital Leonor Mendes de Barros e citou a falta de Equipamentos de Prote√ß√£o Individual (EPIs); ou√ßa no √°udio abaixo:




Por Hidalgo Netto / Super - Rádio e Notícia
TV News
Anuncie 2
Don Petisco
SPlay

Coment√°rios