Don Petisco
TV News
SPlay

'Mais uma peça foi movimentada no tabuleiro para atacar Bolsonaro', diz Flávio após prisão de Queiroz

Senador disse ainda que encara com 'tranquilidade' a pris√£o de seu ex-assessor

Por Super - Rádio e Notícia em 18/06/2020 às 18:13:42
Senador disse ainda que encara com 'tranquilidade' a pris√£o de seu ex-assessor. Queiroz é investigado em suposto esquema de 'rachadinha' na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. O senador Fl√°vio Bolsonaro (Republicanos-RJ) disse nesta quinta-feira (18) que encara com "tranquilidade" a pris√£o do seu ex-assessor, Fabr√≠cio Queiroz. Disse ainda que a pris√£o é uma tentativa de "atacar" o presidente Jair Bolsonaro, seu pai.

"Encaro com tranquilidade os acontecimentos de hoje. A verdade prevalecer√°! Mais uma pe√ßa foi movimentada no tabuleiro para atacar Bolsonaro. Em 16 anos como deputado no Rio nunca houve uma v√≠rgula contra mim. Bastou o presidente Bolsonaro se eleger para mudar tudo! O jogo é bruto!", escreveu o senador no Twitter.

MP diz ter indícios de que Queiroz continuava cometendo crimes

Queiroz foi preso no início da manhã em Atibaia, interior de São Paulo. O mandado foi expedido pela Justiça do Rio de Janeiro, num desdobramento da investigação que apura esquema de "rachadinha" na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

No esquema, segundo a investiga√ß√£o, funcion√°rios de Fl√°vio, ent√£o deputado estadual, devolviam parte do sal√°rio, e o dinheiro era lavado por meio de uma loja de chocolate e investimento em imóveis.

Queiroz estava em um imóvel de Frederick Wassef, advogado da fam√≠lia Bolsonaro, que na quarta-feira (17) esteve no Pal√°cio do Planalto, na cerimônia de posse do ministro das Comunica√ß√Ķes , F√°bio Faria.

Momento em que a polícia entra na casa onde estava Fabrício Queiroz em Atibaia

Reprodução/TV Globo

No Rio, a Pol√≠cia Civil também fez buscas na casa de Alessandra Esteves Marins, que faz parte da equipe de apoio do senador Fl√°vio Bolsonaro no Rio de Janeiro. Segundo as investiga√ß√Ķes, Alessandra repassou cerca de R$ 19 mil a Queiroz.

Justificativa da pris√£o

O Ministério P√ļblico do Rio de Janeiro pediu a pris√£o de Queiroz porque o ex-assessor de Fl√°vio Bolsonaro continuava cometendo crimes e estava fugindo e interferindo na coleta de provas. A Justi√ßa autorizou também a pris√£o da mulher de Queiroz, M√°rcia Oliveira de Aguiar.

Fonte: G1

TV News
Anuncie 2
Don Petisco
SPlay

Coment√°rios